Pai afoga filho de dois anos para fazer ex-mulher sofrer



Um jovem de 21 anos foi detido em Campo Grande, no Brasil, por ter matado o filho de apenas dois anos. Segundo as autoridades, Evaldo Zenteno afogou o menino porque foi traído pela mãe da criança e queria "fazê-la sofrer".


Evaldo foi detido pela polícia depois de os médicos que atenderam o pequeno Miguel no hospital terem desconfiado de se tratar de uma situação de violência doméstica, conta o G1. Chamaram a polícia, mas o jovem ainda tentou mentir, no entanto após várias contradições confessou o crime com "bastante frieza".

Segundo as autoridades, Evaldo confessou que ligou a um amigo a contar que a mãe do menino, uma jovem de 21 anos, o tinha traído e que queria fazê-la sofrer e que este o tinha aconselhado a matar o filho.

Foi o próprio pai que levou a criança ao hospital e o óbito foi registado cerca de uma hora depois de a criança ter dado entrada nas urgências. O jovem foi acusado do homicídio e foi-lhe decretada prisão preventiva até ao julgamento.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem